SotM 2021 – Convocação para envio de pôsteres

A nossa primeira exposição virtual de pôsteres durante o SotM 2020 foi um grande sucesso. Agradecemos a todos que participaram. Com base nessa e em edições anteriores, adoramos saber o que tem sido realizado com o OpenStreetMap, por isso lhes convidamos a participar da nossa a exposição de pôsteres do State of the Map 2021.

Seu pôster pode mostrar como a sua região está mapeada, ou pode ser um belo novo estilo ou mapa. Pode focar em um projeto comunitário, pesquisa acadêmica ou estatística, ou ainda ser um cartaz explicando e convidando as pessoas a participarem do OpenStreetMap. Tudo sobre ou relacionado ao OSM será bem-vindo! Para inspiração, confira os cartazes do SotM 2020 – https://2020.stateofthemap.org/posters/

Regras para participação:

  • O pôster deve ter tamanho A0 (841 x 1189mm)
  • O pôster deve estar relacionado com o OpenStreetMap
  • O pôster deve ter dados abertos, ser inovador e transparente (sem cópia)
  • O pôster deve ser um trabalho autoral (individual, de uma equipe ou instituição)
  • O pôster deve estar sob licença aberta (CC-BY-SA 3.0 ou posterior ou CC0 🙂 )
  • Máximo de 2 inscrições por pessoa, equipe ou instituição

Como se inscrever

  • Carregue seu pôster via  https://files.osmfoundation.org/s/QJ9ewPRdDscpwoo
  • Tamanho máximo de arquivo 30-40 MB
  • Formato: PDF
  • Por favor, envie um e-mail para sotm@openstreetmap.org com uma descrição do seu pôster, como por exemplo o histórico do seu projeto, ou o que você considerar importante mencionar sobre o contexto do cartaz – tudo o que você diria às pessoas a quem você o mostrasse. Nós publicaremos o texto junto com o pôster no site do SotM.
  • Por favor, cite também no e-mail o link em que carregou o pôster, para que possamos saber qual é o seu.

Cronograma

  • Prazo final: 27 de junho de 2021

A equipe SotM espera escolher 20 pôsters que serão publicados no nosso site e em alguns outros canais SotM sob CC BY SA 3.0 (ou posterior).

Comitê Organizador SotM

Inscreva-se para receber atualizações de eventos e siga-nos em @sotm!

Você quer traduzir este ou outros posts no seu idioma? Por favor, envie um e-mail para communication@osmfoundation.org com o assunto: Helping with translations in [seu idioma].

A conferência State of the Map é a conferência internacional anual OpenStreetMap, organizada pela OpenStreetMap Foundation. A Fundação OpenStreetMap é uma organização sem fins lucrativos, criada no Reino Unido para apoiar o Projeto OpenStreetMap. Ela é dedicada a incentivar o crescimento, desenvolvimento e distribuição de dados geoespaciais gratuitos para uso e compartilhamento de todos. A Fundação OpenStreetMap possui e mantém a infraestrutura do projeto OpenStreetMap. O Comitê Organizador State of the Map é um dos nossos Grupos de Trabalho voluntários.

O OpenStreetMap foi fundado em 2004 e é um projeto internacional para criar um mapa aberto do mundo. Para tanto, nós, milhares de voluntários, coletamos dados do mundo inteiro sobre vias, malha ferroviária, rios, florestas, edificações e muito mais. Nossos dados podem ser baixados gratuitamente e utilizados para qualquer finalidade – incluindo o uso comercial. É possível produzir seus próprios mapas que destaquem determinadas características, para calcular rotas, etc. O OpenStreetMap é usado quando é preciso trabalhar com mapas que podem ser rápida e facilmente atualizados.

State of the Map 2022 – Abertura da Convocação para Sede

A convocação para Sede do State of The Map 2022 está aberta!

https://wiki.openstreetmap.org/wiki/State_of_the_Map_2022/Call_for_venues

Leia as orientações e critérios de seleção na página Wiki do OSM e comece a planejar sua inscrição para sede da conferência do próximo ano. Monte uma equipe, modele sua ideia e envie sua proposta especificando sua cidade como sede do SotM 2022!

Essa convocação antecipada lhe dá mais flexibilidade quanto às datas que você pode selecionar em 2022. Atente-se às datas dos outros eventos relacionados com OpenStreetMap (como FOSS4G e SotMs locais), para evitar possíveis conflitos com outras conferências relevantes para a comunidade.

O prazo final para as propostas de sede para o SotM 2022 é 15 de agosto de 2021. O anfitrião selecionado será anunciado em outubro de 2021.

Buscando ajuda? O Grupo de Trabalho SotM está à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais! Convidamos você a nos contatar pelo e-mail sotm@openstreetmap.org o quanto antes para que possamos orientá-lo, se necessário.

Comitê de Organização SotM

Cadastre-se para atualizações de eventos e nos siga em @sotm!

Tradução do texto em inglês por Estela Sakihara

Você quer traduzir este e outros posts no seu idioma? Por favor, envie um e-mail para communication@osmfoundation.org com o Assunto: Helping with translations in [seu idioma]

A conferência State of the Map é a conferência internacional anual OpenStreetMap, organizada pela OpenStreetMap Foundation. A Fundação OpenStreetMap é uma organização sem fins lucrativos, criada no Reino Unido para apoiar o Projeto OpenStreetMap. Ela é dedicada a encorajar o crescimento, desenvolvimento e distribuição de dados geoespaciais gratuitos para uso e compartilhamento de todos. A Fundação OpenStreetMap possui e mantém a infraestrutura do projeto OpenStreetMap, e você pode contribuir torando-se um membro. O Comitê Organizador State of the Map é um dos nossos Grupos de Trabalho voluntários.

O OpenStreetMap foi fundado em 2004 e é um projeto internacional para criar um mapa aberto do mundo. Para tanto, nós, milhares de voluntários, coletamos dados do mundo inteiro sobre vias, malha ferroviária, rios, florestas, edificações e muito mais. Nossos dados podem ser baixados gratuitamente e utilizados para qualquer finalidade – incluindo o uso comercial. É possível produzir seus próprios mapas que destaquem determinadas características, para calcular rotas, etc. O OpenStreetMap é usado quando é preciso trabalhar com mapas que podem ser rápida e facilmente atualizados.

Pesquisa da comunidade sobre as decisões do conselho da Fundação OSM em 2020 e assuntos atuais

Você gostaria de fornecer feedback sobre as decisões que o conselho da Fundação OSM tomou em 2020 e sobre os assuntos atuais? O conselho preparou uma pesquisa e está pedindo sua opinião para definir as prioridades.

Você pode ver uma cópia das perguntas em inglês aqui.

Decorative image with list of languages that the survey is available in.
A pesquisa está disponível em 13 idiomas até agora. Imagem de D. Kazazi, CC-BY-SA 3.0.O logotipo oficial da OSM por Ken Vermette, CC-BY-SA 3.0 e marcas registradas se aplicam.

Idiomas

Graças aos tradutores voluntários, a pesquisa está disponível em treze idiomas até agora:

Ajudando com traduções

Se você gostaria de fornecer uma tradução para um idioma que não está na lista, ou sugerir uma correção em uma das traduções, por favor, envie um e-mail para allan@mustard.net

Se você gostaria de ajudar com traduções de respostas em inglês para o inglês, pesquisas futuras ou postagens de blog, envie um e-mail para communication@osmfoundation.org com o assunto: Helping with translations in [idioma].

Prático

  • Você precisa fornecer um endereço de e-mail (para receber um token) e resolver uma equação para acessar a pesquisa.
  • São 18 perguntas, a maioria de múltipla escolha e obrigatória.
  • Há uma seção opcional com questões demográficas.
  • Existem várias seções. Você não pode voltar à seção anterior, mas pode retomar mais tarde.
  • Observe que as páginas com informações básicas vinculadas à pesquisa estão em inglês.
    • Se as páginas estão no OSM wiki, você está convidado a traduzi-las.
    • Se eles estiverem no site da OSMF e você quiser fornecer traduções, envie um e-mail para o Grupo de trabalho de comunicação em communication@osmfoundation.org com o assunto: Translating OSMF pages in [idioma].

Feedback

Há uma discussão sobre a pesquisa na lista de discussão “talk”, onde você pode fornecer feedback. Você pode se registrar na lista de discussão do talk aqui. Todas as mensagens anteriores da lista estão disponíveis aqui.

Privacidade

Resultados

Os resultados gerais serão publicados após o término da pesquisa. Pesquisas anteriores estão listadas aqui.

Prazo de participação: 14 de fevereiro de 2021.

Mesmo que você não participe, agradeceríamos se você divulgasse a pesquisa.

Agradeço antecipadamente 🙂

Fundação OpenStreetMap é uma organização sem fins lucrativos, formada no Reino Unido para apoiar o projeto OpenStreetMap. Dedica-se a incentivar o crescimento, o desenvolvimento e a distribuição de dados geoespaciais gratuitos para uso e compartilhamento por qualquer pessoa. A Fundação OpenStreetMap possui e mantém a infra-estrutura do projeto OpenStreetMap, é financeiramente suportada por taxas de associação e doações, e organiza os eventos anuais, internacionais como a conferência State of the Map. Não temos funcionários em tempo integral e o apoio é feito através do projeto OpenStreetMap no trabalho de nossos voluntários do grupo de trabalho. Por favor, considere se tornar um membro e leia sobre o nosso programa de isenção de taxas.

Como os ancestrais de Joe Biden ajudaram o OpenStreetMap, e o OpenStreetMap ajuda nossos descendentes

O clã Blewitt da Irlanda está orgulhoso de que um de seus parentes, Joe Biden, foi eleito o próximo Presidente dos Estados Unidos. Suas raízes irlandesas são bem conhecidas em ambos os lados do Atlântico. Antes do tataravô de Biden, Edward Blewitt, mudar sua família para a América para escapar da grande fome irlandesa, Edward e seu irmão James eram agrimensores cujo trabalho moldou mapas e municípios irlandeses, sustentou meios de subsistência e até mesmo foi usado no OpenStreetMap hoje.

Edward e James trabalharam em dois projetos fundamentais de mapeamento irlandês nas décadas de 1830–40, o Ordnance Survey e o Griffith’s Valuation. Em 1838, James corrigiu um erro no sistema de cálculo do levantamento de Ordnance que não foi percebido por muitas das mentes matemáticas mais brilhantes da época na Irlanda e na Grã-Bretanha. No final da década de 1840, Edward administrou programas de obras públicas que construíram estradas, melhoraram a agricultura por meio de drenagem e deram trabalho para pessoas que sofriam com a fome da batata.

Image of the First Edition Six Inch to the Mile maps
Seis polegadas do Mile maps da primeira edição

Seu trabalho de levantamento foi valioso 150 anos depois. A comunidade do OpenStreetMap usou os mapas do Ordnance Survey da “Primeira Edição” nos quais os irmãos trabalharam para mapear todas as cidades na ilha da Irlanda (consulte “Mapeando os 61.000 limites administrativos da Irlanda” em State of the Map 2016). Existem aproximadamente 61.000 cidades na Irlanda, a grande maioria das quais foram mapeadas graças a uma doação de mapas de direitos autorais da Glucksman Map Library, Trinity College Dublin, e Biblioteca Bodleiana, Universidade Oxford. O OpenStreetMap Ireland não para por aí. Eles agora estão tentando mapear todos os edifícios na Irlanda e dar as boas-vindas a todos os colaboradores.

image of historic imagery used for editing modern day OpenStreetMap data
Imagens históricas usadas para editar dados modernos do OpenStreetMap

O esquema de marcação de forma livre do OpenStreetMap permite que as pessoas mapeiem o que é importante para elas. E as pessoas estão mapeando as características históricas e patrimônios que lhes interessam. Você pode explorar a cobertura do OpenStreetMap de recursos históricos em mapas interativos nos sites HistOSM e Historical Objects. Se você quiser usar dados do OpenStreetMap como esses, todos estão disponíveis para todos. Se você notar que algo está faltando, por favor, abra seu editor favorito do OpenStreetMap e conserte o mapa!

O OpenStreetMap está se tornando a verdadeira fonte de dados de mapas para muitos serviços e organizações, portanto, podemos ajudar a preservar nossa herança humana compartilhada por muitos anos. Quem sabe, em 150 anos, talvez os dados do OpenStreetMap que você inseriu hoje sejam úteis para alguém?

Mensagem do presidente do conselho da OSMF sobre o comportamento da lista de e-mails

Para as comunidades OpenStreetMap e OSMF:

Eu transmito as seguintes informações em nome do conselho de administração da Fundação OpenStreetMap.

Um resultado da atual controvérsia na lista de discussão no osmf-talk sobre linguagem misógina é uma decisão da Diretoria da seguinte forma:

O Conselho encontrará parceiros para ajudar a criar uma equipe de moderadores para as listas de discussão OSMF-talk e talk. Esses moderadores precisam ter a confiança da comunidade por algum tipo de mecanismo de aprovação.

Esta equipe de moderadores começará a trabalhar para fazer cumprir as diretrizes atuais o mais rápido possível. Também começaremos a trabalhar na atualização/substituição de nossas regras, que devem se concentrar em equilibrar os interesses de todos os participantes.

Nós pedimos para o grupo de trabalho de capítulos e comunidades locais (LCCWG)para assumir a liderança nisso e trabalhar com os signatários da carta aberta ao conselho, bem como aos membros do comitê especial de diversidade e inclusão, para produzir propostas para serem consideradas pelo Conselho em sua reunião de janeiro. O LCCWG aceitou esta tarefa. Este assunto estará na pauta da reunião de janeiro do Conselho de Administração, em data e hora exatas ainda a serem determinadas, embora como de costume, será postado no site da Fundação com bastante antecedência.

Os membros da comunidade OSM são, como sempre, bem-vindos para compartilhar suas opiniões e qualquer informação relevante sobre este assunto, seja publicamente via osmf-talk, ou em particular em comunicações diretas ao LCCWG. Sinto-me compelido a lembrar a todos os membros da comunidade que um Código de conduta existe desde junho de 2011 e deve ser observado por todos os membros da comunidade.

Atenciosamente a todos,

Allan Mustard

Comemore o 16º aniversário do OSM!

O 16º aniversário do OpenStreetMap será comemorado no dia 8 de agosto de 2020! Imagem: Dados fictícios do mapa renderizados com o estilo padrão do osm.org (osm-carto). CC-BY-SA 3.0, marcas registradas aplicáveis.

No sábado, 8 de agosto de 2020,
celebraremos 16 anos de OpenStreetMap!

Planejando uma festa ou mapatona online?

Você pode usar o servidor de vídeo BigBlueButton da Fundação OpenStreetMap! Para obter uma conta gratuita e sua própria sala de vídeo, inscreva-se.

  • Você pode usar sua sala de vídeo mesmo após o aniversário, para qualquer evento relacionado ao OSM.
  • Os membros da comunidade em ambientes de baixa largura de banda podem se beneficiar do uso das configurações de baixa largura de banda do BigBlueButton.
  • Por favor, adicione seu evento ao wiki do OSM! Se a edição da wiki não é sua opção, envie um e-mail para communication@osmfoundation.org com os detalhes do seu evento e nós o adicionaremos 🙂

Outras idéias

  • Publique por que você ama o OpenStreetMap. Mais tarde publicaremos uma coleção de mensagens 🙂
  • Poste uma foto sua segurando uma mensagem escrita 🙂
  • Use a hashtag #OpenStreetMap16 nas mídias sociais
  • Faça/encomende um bolo de aniversário. Veja exemplos anteriores de bolos OSM para inspiração. Não se esqueça da atribuição!
  • Se suas fotos forem acompanhadas do texto “CC-BY-SA 2.0” (ou outra licença aberta), podemos adicioná-las à wiki do OSM (ou fique à vontade para adicioná-los você mesmo! ~ registre-se aqui).
  • Você tem mais idéias? Compartilhe-os nos comentários 🙂

Junte-se a nós!

A comemoração do aniversário da criação do OpenStreetMap é realizada no dia 9 de agosto ou aproximadamente, que é o aniversário do registro do nome de domínio do OpenStreetMap.org. O conceito do OpenStreetMap é anterior ao registro do nome de domínio, mas parece uma data de aniversário adequada 🙂

Seja notificado sobre novas postagens do blog: Assine o feed RSS!

Deseja traduzir este e outras publicações do blog no seu idioma ..? Por favor, envie um e-mail paracommunication@osmfoundation.orgcom o assunto: Helping with translations in [seu idioma]

Fundação OpenStreetMap é uma organização sem fins lucrativos, formada no Reino Unido para apoiar o projeto OpenStreetMap. Dedica-se a incentivar o crescimento, o desenvolvimento e a distribuição de dados geoespaciais gratuitos para uso e compartilhamento por qualquer pessoa. A Fundação OpenStreetMap possui e mantém a infra-estrutura do projeto OpenStreetMap, é financeiramente suportada por taxas de associação e doações, e organiza os eventos anuais, internacionais como a conferência State of the Map. Não temos funcionários em tempo integral e o apoio é feito através do projeto OpenStreetMap no trabalho de nossos voluntários do Grupo de trabalho. Por favor, considere se tornar um membro e leia sobre o nosso programa de isenção de taxas.

OpenStreetMap foi fundada em 2004 e é um projeto internacional para criar um mapa livre do mundo. Para fazer isso, nós, milhares de voluntários, coletamos dados sobre estradas, ferrovias, rios, florestas, edifícios e muito mais em todo o mundo. Nossos dados de mapa podem ser baixados gratuitamente por todos e usados para qualquer finalidade – incluindo uso comercial. É possível produzir seus próprios mapas que destacam certos recursos, calcular rotas etc. O OpenStreetMap é cada vez mais usado quando se precisa de mapas que possam ser atualizados com muita rapidez ou facilidade.

ÖPNVKarte, uma nova camada em destaque em www.openstreetmap.org

ÖPNVKarte, uma nova camada em destaque no osm.org. Camada de cortesia por MeMoMaps.

O OpenStreetMap.org agora possui uma nova camada de mapa em destaque, exibindo nossos dados avançados de uma maneira diferente: ÖPNVKarte.

ÖPNVKarte é um mapa de transporte público que exibe rotas de transporte público de trens, bondes, trilhos leves, ônibus, balsas, metrôs e também pontos de interesse para viajantes de transporte público. Melchior Moos, o criador da camada, espera que a inclusão no site global “ajude e recompense os mapeadores de todo o mundo, tornando seus esforços de mapeamento de transporte público mais visíveis”.

A chave do mapa ÖPNVKarte pode ser encontrada no site da ÖPNVKarte https://öpnvkarte.de (also OpenBusMap.org). Para quem quer saber o nome, é derivado do alemão para “Mapa de transportes públicos”.

O ÖPNVKarte já está em destaque em sites como: openstreetmap.de, openstreetmap.no, Mappa-Mercia, Facilmap , OSM inspector e em alguns aplicativos móveis.

A camada ÖPNVKarte é uma adição a estas camadas em destaque:

  • Standard(OpenStreetMap Carto), que é a camada padrão no osm.org
  • Cycle Map(camada de cortesia por Andy Allan),
  • Transport Map(camada de cortesia por Andy Allan)
  • Humanitarian (camada de cortesia por HOT OSM, hospedado por OSM França)

O Grupo de trabalho de operações OSM está interessado em novas camadas em destaque que destacam diferentes aspectos do OpenStreetMap e você pode ler sobre os critérios aqui.

Grupo de trabalho de operações OSM

Deseja traduzir este e outras publicações do blog no seu idioma ..? Por favor, envie um e-mail paracommunication@osmfoundation.orgcom o assunto: Helping with translations in [seu idioma]

Fundação OpenStreetMap é uma organização sem fins lucrativos, formada no Reino Unido para apoiar o projeto OpenStreetMap. Dedica-se a incentivar o crescimento, o desenvolvimento e a distribuição de dados geoespaciais gratuitos para uso e compartilhamento por qualquer pessoa. A Fundação OpenStreetMap possui e mantém a infra-estrutura do projeto OpenStreetMap, é financeiramente suportada por taxas de associação e doações, e organiza os eventos anuais, internacionais como a conferência State of the Map. Não temos funcionários em tempo integral e o apoio é feito através do projeto OpenStreetMap no trabalho de nossos voluntários do Grupo de trabalho. Por favor, considere se tornar um membro e leia sobre o nosso programa de isenção de taxas.

OpenStreetMap foi fundada em 2004 e é um projeto internacional para criar um mapa livre do mundo. Para fazer isso, nós, milhares de voluntários, coletamos dados sobre estradas, ferrovias, rios, florestas, edifícios e muito mais em todo o mundo. Nossos dados de mapa podem ser baixados gratuitamente por todos e usados para qualquer finalidade – incluindo uso comercial. É possível produzir seus próprios mapas que destacam certos recursos, calcular rotas etc. O OpenStreetMap é cada vez mais usado quando se precisa de mapas que possam ser atualizados com muita rapidez ou facilidade.

Nova licença para os mosaicos de “estilo padrão” do openstreetmap.org

Um dos produtos importantes da comunidade OpenStreetMap é a camada de mapa de estilo padrão em openstreetmap.org. Esta foi licenciada nos termos do CC BY-SA 2.0 provavelmente desde que foi criada pela primeira vez. Na época em que os dados do OpenStreetMap foram licenciados nos mesmos termos, porém há 8 anos atrás quando mudamos a licença de dados para o ODbL 1.0 não mudamos a licença de azulejos, deixando-a como está.

Ao longo dos anos isto levou a uma situação em que o uso dos “mosaicos” (as imagens individuais que compõem o mapa exibido) foi sujeito a mais restrições legais do que o necessário e inibiu o uso das imagens em muitos projetos que de outra forma estariam completamente em ordem. O absurdo da situação pode ser mais claro se você considerar que você pode tomar o CC0 “licenciado” estilo de mapa, dados OSM e produzir as mesmas imagens sendo restritas apenas pelos termos do ODbL para “Trabalhos produzidos”.

Há muitos anos ficou claro que a situação era insustentável, criando atritos com terceiros (por exemplo, o PLOS One) sem uma boa razão e que deveríamos passar para uma atribuição apenas de licença. No entanto, a principal pergunta que o grupo de trabalho de licenciamento (LWG) não havia respondido foi: “qual licença os mosaicos deveriam ter no futuro? Considerando que as licenças são um centavo a dúzia, você assumiria que isso não seria um problema, porém fora das licenças em uso por entidades governamentais (isto é, o OGL e derivados), não há nenhuma licença popular e bem conhecida de “atribuição apenas” em uso e queríamos evitar criar a nossa própria, se possível.

Em 2019 apresentamos ao conselho da Fundação OpenStreetMap uma proposta para mudar para a licença CC BY 4.0, juntamente com uma renúncia àqueles termos que vão além da exigência de atribuição. Nosso raciocínio era que seria preferível usar um rótulo bem conhecido e estaríamos renunciando a termos que tanto os licenciadores quanto os licenciados em geral ignoram, portanto, mesmo que as complexidades egais não fossem entendidos, as coisas sairiam bem.

A proposta não havia sequer sido discutida pela diretoria quando foi recebida com uma oposição maciça da comunidade. Enquanto o LWG acredita que o raciocínio por trás da oposição está incorreto, nós reapresentamos a proposta à diretoria no início deste ano, desta vez simplesmente declarando que os mosaicos deveriam ser licenciadas como um “trabalho produzido” ODbL, sem termos adicionais aplicados. Isto já havia sido discutido como uma alternativa possível e parece ser uma solução bem aceita para a questão. O texto legal relevante pode ser encontrado em 4.3 do ODbL https://opendatacommons.org/licenses/odbl/1-0/index.html e essencialmente só requer atribuição de uma forma adequada.

No mês passado, a diretoria aceitou a proposta e colocou a nova licença em vigor a partir de 1º de julho de 2020. Embora possamos alterar imediatamente o texto na versão em inglês da página “Direitos autorais” no openstreetmap.org , as traduções ficarão um pouco atrasadas e pedimos a todos um pouco de paciência até que tudo tenha sido adaptado.

Simon Poole do grupo de trabalho de licenciamento


Deseja traduzir este e outras publicações do blog no seu idioma ..? Por favor, envie um e-mail para communication@osmfoundation.org com o assunto: Helping with translations in [seu idioma]

A Fundação OpenStreetMap é uma organização sem fins lucrativos, formada no Reino Unido para apoiar o projeto OpenStreetMap. Dedica-se a incentivar o crescimento, o desenvolvimento e a distribuição de dados geoespaciais gratuitos para uso e compartilhamento por qualquer pessoa. A Fundação OpenStreetMap possui e mantém a infra-estrutura do projeto OpenStreetMap, é financeiramente suportada por taxas de associação e doações, e organiza os eventos anuais, internacionais como a conferência State of the Map. Não temos funcionários em tempo integral e o apoio é feito através do projeto OpenStreetMap no trabalho de nossos voluntários do Grupo de trabalho. Por favor, considere se tornar um membro e leia sobre o nosso programa de isenção de taxas.

OpenStreetMap foi fundada em 2004 e é um projeto internacional para criar um mapa livre do mundo. Para fazer isso, nós, milhares de voluntários, coletamos dados sobre estradas, ferrovias, rios, florestas, edifícios e muito mais em todo o mundo. Nossos dados de mapa podem ser baixados gratuitamente por todos e usados para qualquer finalidade – incluindo uso comercial. É possível produzir seus próprios mapas que destacam certos recursos, calcular rotas etc. O OpenStreetMap é cada vez mais usado quando se precisa de mapas que possam ser atualizados com muita rapidez ou facilidade.

Comunicado de imprensa conjunto OSMF e GraphHopper: Lançamento da GraphHopper Routing Engine 1.0

Nota: A Fundação OpenStreetMap e a GraphHopper publicam esse comunicado de imprensa conjunto devido à qualidade de Membro Corporativo Gold da GraphHopper GmbH. Se você quiser ser um membro corporativo OSMF, afilie-se em https://join.osmfoundation.org/corporate-membership/

No dia 25 de maio foi anunciado o lançamento da versão 1.0 do motor de roteirização de código aberto GraphHopper. A primeira versão, 0.1, foi lançada em 2013 e desde então foi amadurecendo, tornando-se uma solução integrada ao openstreetmap.org desde o final de 2014, e hoje é utilizada por milhares de empresas ao redor do mundo.

A nova versão contém uma funcionalidade de rotas alternativas rápidas, assim como uma roteirização customizável que permite que o usuário modifique o comportamento de roteirização mesmo sem conhecimento de programação.

Nova funcionalidade do GraphHopperRouting Engine: Rotas Alternativas Rápidas
Roteirização customizável: Aqui o modo bike é forçado a preferir rotas oficiais de bicicleta ainda que isso represente um desvio considerável. Outra aplicação seria para utilização de bicicleta de carga, em que propriedades adicionais como largura da via são levadas em conta.

Para uma demo e mais detalhes sobre as novas funcionalidades você pode acessar o anúncio completo em graphhopper.com (EN)

A GraphHopper GmbH tem um papel chave na comunidade GraphHopper. A missão da GraphHopper GmbH é construir todas as camadas do software de roteirização do futuro, com o máximo possível de software de código aberto, e utilizando dados abertos, como OpenStreetMap. A GraphHopper GmbH apóia o projeto OpenStreetMap através do patrocínio do serviço de roteirização para a openstreetmap.org, da utilização e aprimoramento dos dados, assim como através de divulgação. Desde 2018 a GraphHopper GmbH é também um Membro Corporativo Gold da OSMF.

O que é o GraphHopper
O GraphHopper Routing Engine é um projeto de software de código aberto iniciado em 2012. A GraphHopper GmbH é uma empresa fundada em 2016 na Alemanha para dar suporte ao desenvolvimento de seus projetos de código aberto como o Motor de Roteirização GraphHopper e jspirit.

A roteirização GraphHopper está integrada ao www.openstreetmap.org, junto com a roteirização OSRM.

O que é a OpenSteetMap
O OpenStreetMap foi fundado em 2004 e é um projeto internacional para criar um mapa aberto do mundo. Para tanto, nós, milhares de voluntários, coletamos dados do mundo inteiro sobre vias, malha ferroviária, rios, florestas, edificações e muito mais. Nossos dados podem ser baixados gratuitamente e utilizados para qualquer finalidade – incluindo o uso comercial. É possível produzir seus próprios mapas que destaquem determinadas características, para calcular rotas, etc. OpenStreetMap é usado quando é preciso trabalhar com mapas que podem ser rápida e facilmente atualizados

O que é a Fundação OpenStreetMap
A Fundação OpenStreetMap é uma organização sem fins lucrativos, formada para apoiar o Projeto OpenStreetMap. Ela é dedicada a encorajar o crescimento, desenvolvimento e distribuição de dados geoespaciais livres para que qualquer pessoa os utilize e compartilhe. A Fundação OpenStreetMap é proprietária e mantém a infraestrutura do projeto OpenStreetMap, é financiada por taxas de associação e doações, e organiza a conferência internacional anual State of the Map. Ela não mantém funcionários em tempo integral e dá suporte ao projeto OpenStreetMap através dos Grupos de Trabalho voluntários. Por favor, considere tornar-se membro da Fundação.

Tradução do texto em inglês por Estela Sakihara